A segunda etapa do Plano Diretor de Transporte Coletivo Rodoviário Intermunicipal de Passageiros de Mato Grosso do Sul teve início essa semana. A aplicação da pesquisa de campo está sendo coordenada pela Secretaria de Infraestrutura e Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos – Agepan. Durante toda a semana foi aplicada a pesquisa de tráfego […]

27/07/2019 por Adriano Hany

A segunda etapa do Plano Diretor de Transporte Coletivo Rodoviário Intermunicipal de Passageiros de Mato Grosso do Sul teve início essa semana. A aplicação da pesquisa de campo está sendo coordenada pela Secretaria de Infraestrutura e Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos – Agepan.

Durante toda a semana foi aplicada a pesquisa de tráfego para levantar a movimentação de embarque e desembarque nos terminais intermunicipais de Mato Grosso do Sul.

Para recolher as informações os pesquisadores viajaram de ponta a ponta em ônibus analisando durante o trajeto estruturas, embarques e desembarques e todos os aspectos relevantes as viagens para melhoria dos serviços, esse trabalho pode vir a melhoras a integração entre vários munícipios,

Essa é a segunda etapa dentro da fase de pesquisas. Entre 26 de junho e 8 de julho, havia sido realizada a pesquisa de origem e destino, abrangendo 11 terminais rodoviários – Campo Grande, Dourados, Três Lagoas, Corumbá, Ponta Porã, Naviraí, Nova Andradina, Miranda, Maracaju, Coxim e Aquidauana.

O levantamento da pesquisa embarcada de tráfego permite a medição do quantitativo médio de usuários trecho a trecho, identificando as diferentes destinações de determinada origem.