fbpx
Search

Vereadora de Paranaíba conhece o Projeto Casa Rosa

“Além de atender pacientes da Capital, o projeto já recebeu pacientes de 34 municípios sul-mato-grossenses”, relata Dr. Victor Rocha idealizador e médico mastologista da Casa Rosa

A vereadora de Paranaíba Andercleyne de Oliveira Queiroz Silveira, mais conhecida por Keyne, visitou a Casa Rosa para saber mais sobre os atendimentos. Ela foi recebida pelo vereador Dr. Victor Rocha e o deputado federal Dagoberto Nogueira, no projeto que funciona desde novembro na Maternidade Cândido Mariano.

“Estamos aqui conhecendo esse projeto maravilhoso que ajuda muitas mulheres. Estamos à disposição para trazer pacientes de Paranaíba para cá”, disse a Keyne. Em Campo Grande, o desafio para zerar a fila de espera no SUS foi superado com a ampliação de vagas para consulta em mastologia em 320 vagas/mês, além deste serviço oferecer um atendimento integrado com exames de imagem (ultrassonografia e mamografia) e patologia, com resultado de biópsia e imuno-histoquímica em uma semana.

O vereador aproveitou o encontro para prestar contas sobre os atendimentos, que em oito meses foram realizados mais de 2.800 atendimentos, 1 mil exames de ultrassonografia, 355 biópsias, 500 mamografias e 44 casos de câncer de mama encaminhados para tratamento.

“O projeto Casa Rosa, que funciona dentro da Maternidade Cândido Mariano, proporciona um ambiente integrado, onde é possível passar por consulta com mastologista e exames de mamografia, ultrassom de mamas e biópsia em um único dia, com a mesma agilidade e eficiência da rede particular de saúde, garantindo que o câncer de mama seja diagnosticado em até sete dias com resultado da biópsia, possibilitando diagnóstico precoce e tratamento em tempo hábil”, pontuou o vereador.

O deputado federal, Dagoberto Nogueira destinou emenda parlamentar para a Saúde da Mulher na Maternidade Cândido Mariano com o intuito de facilitar o acesso à prevenção e tratamento do câncer de mana. “Andando pelo Mato Grosso do Sul muitas mulheres relatam a dificuldade de fazer consulta e exames de prevenção ao câncer de mama, conversando com o vereador Dr. Victor Rocha, resolvemos apoiar esse projeto que em tão pouco tempo já zerou a fila de espera por consulta com mastologista. Vamos continuar apoiando o Projeto Casa Rosa”, finalizou.

O Projeto Casa Rosa atende pacientes da Capital e da macrorregião de Campo Grande. Mulheres de 34 municípios sul-mato-grossenses já foram consultadas e realizaram seus exames de rotina.